Parte do coletivo Soylocoporti

Cultura, comunicação e integração latino-americana

terça-feira, 28 de abril de 2009

Carta aos associados ausentes

Esta publicação é direcionada aos associados que fazem parte do quadro de sócios fundadores do nosso querido Coletivo Soylocoporti, mas que perderam o contato com a organização. Embora o texto seja um pouco longo, diz respeito à sua condição na entidade. Por isso, pedimos que leia até o fim e, caso pretenda permanecer na associação, nos informe o mais cedo possível por escrito da sua decisão. Caso não haja resposta em trinta dias, consideraremos você desassociado.

Em nossa última Assembléia Geral realizada em 17 e 18 de janeiro de 2009, definimos uma nova estrutura organizacional, visando a descentralização das responsabilidades e a eficiência em suas atividades. Além disso, esta é uma forma de envolver os associados e garantir que mais pessoas participem efetivamente dos processos decisórios.

Dessa forma, optamos pela divisão em três Núcleos de Trabalho e três Programas Estratégicos. Os núcleos são os espaços de organização interna da entidade e têm função executiva. Já os Programas Estratégicos têm como finalidade a consecução dos objetivos do Soylocoporti. Cada núcleo e programa conta com um coordenador, eleito em Assembléia Geral, e todos os associados efetivos têm a liberdade de optar entre um dos núcleos e um dos programas para atuar.

Núcleos de Trabalho:
Secretaria e Comunicação (Coordenadora Michele Torinelli)
Formação (Coordenadora Angélica Varejão)
Finanças (Coordenador João Paulo Mehl)

Programas Estratégicos:
Cultura Livre: integração e fortalecimento (Coordenador Gustavo Guedes)
Cultura e Movimento: articulação e disputa (Coordenador Marco Amarelo Konopacki)
Políticas Culturais: formulação e avaliação (Coordenadora Rachel Bragatto)

Nesse sentido, frisamos que os associados efetivos, categoria na qual você se encaixa por ser um sócio fundador, foram incluídos na lista de discussão da entidade (por meio do seu e-mail que temos em nosso banco de dados). Tanto a relatoria da citada assembléia, como o novo estatuto e os chamados para que os associados se integrem à nova estrutura foram enviados para essa lista.
No entanto, até o presente momento, não tivemos notícias suas quando a sua adaptação a este modelo de gestão. Para que você entenda um pouco melhor as responsabilidades dos associados efetivos, colocamos abaixo trecho do nosso estatuto:

Artigo 10o – São direitos dos associados efetivos:
I. participar e tomar parte, com direito a voz e voto, da Assembléia Geral;
II. votar e ser votado para os cargos eletivos da associação;
III. participar de Núcleos de Trabalho e Programas Estratégicos;
IV. ter acesso a toda e qualquer informação relativa à entidade.

Artigo 11o – São deveres de todos os associados:
I. cumprir as disposições estatutárias e regimentais;
II. acatar as decisões da Assembléia Geral;
III. zelar pelo bom nome da associação;
IV. empenhar-se, no âmbito de sua atuação e de acordo com suas possibilidades, para que os objetivos da associação sejam alcançados;
V. manter atualizados seus dados cadastrais;
VI. contribuir financeiramente de acordo com sua categoria de associado conforme estabelecido pelo Conselho Diretor.

Artigo 12o – É dever de todo associado efetivo participar da Assembléia Geral.

Artigo 13o – Poderá ser excluído da associação, havendo justa causa:
a) o associado que praticar qualquer ato contrário ao estatuto ou às decisões da Assembléia Geral;
b) associados efetivos que deixarem de comparecer a duas Assembléias Gerais ordinárias consecutivas sem justificativa por escrito;
c) associados que deixarem de pagar a contribuição financeira a que se obrigaram no ato da filiação por período definido pelo Conselho Diretor.
§ 1o – Em todos os casos, será garantido ao associado direito à defesa, devendo este ser notificado por escrito das causas da proposta de exclusão.
I. Ao associado serão garantidos pelo menos 30 dias para a apresentação da defesa que deverá ser encaminhada por escrito.

É fundamental, portanto, que, caso sua escolha seja permanecer no Soylocoporti, você responda a este comunicado, fazendo com que o diálogo tenha seguimento e que sua situação seja regularizada. Do contrário, caso não recebamos resposta em trinta dias, estaremos encaminhando o seu desligamento.

Estamos certos que a luta pela integração latino-americana por meio da cultura e da comunicação necessita de esforços conjuntos e de um trabalho compartilhado. As responsabilidades assumidas pelo Soylocoporti exigem que ele seja, de fato, um coletivo e que conte com a dedicação de todos os seus sócios. Tenha certeza que, independente de sua definição, temos em você um grande companheiro dessa luta e que seguiremos sempre do mesmo lado.

Atenciosamente,

Conselho Diretor do Coletivo Soylocoporti
(Angélica Varejão, Érico Massoli, Gustavo Guedes, João Paulo Mehl, Marco Amarelo Konopacki, Michele Torinelli, Rachel Bragatto e Rodrigo Bonifácio)

contato: conselhodiretor@soylocoporti.org.br

share save 171 16 Carta aos associados ausentes
Um comentário em “Carta aos associados ausentes”
  1. [...] em vista o processo de regularização da situação dos associados efetivos do Soylocoporti, foi publicado neste blog (e comunicado através de email pessoal) o pedido para que os associados fundadores que não [...]

Deixe um comentário





Blog integrante da rede Soylocoporti