Parte do coletivo Soylocoporti

Cultura, comunicação e integração latino-americana

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Lançado o Programa Cultura Viva na cidade de Curitiba

, , ,

Foi lançado agora pouco, às 14h30, o programa Cultura Viva na cidade de Curitiba. A iniciativa faz parte do processo de descentralização do programa Cultura Viva nacional, através de convênios para formação de redes estaduais. Como o estado do Paraná não conseguiu realizar o convênio com o MinC, a fundação cultura de Curitiba realizou o convênio diretamente para disponibilizar 30 pontos de Cultura para este ano.

18112008273 230x172 Lançado o Programa Cultura Viva na cidade de Curitiba

Célio Turino, terceiro da esquerda para a direita, e demais 'autoridades'.

O evento contou com diversas autoridades, dentre ele o Secretário de Programas e Projetos Culturais do Ministério da Cultura (veja vídeo com seu pronunciamento abaixo). Por parte da prefeitura, o Prefeito Beto Richa e o Presidente da Fundação Cultural, Paulinho Vilana. Foram chamados a compor a mesa também alguns vereadores: Julieta Reis, Nely Almeida, Jair César e Paulo Borghetti.

O Soylocoporti quer saber, qual a contribuição destes vereadores para a cultura curitibana? Bom, acho que pouca ou nenhuma. Demonstra só que a prefeitura de Curitiba carrega muitos papagaios de pirata e se aproveita dos programas do governo federal para panfletear sua ideologia, que pretende vir mais reacionária do que nunca para as eleições de 2010.

Queremos mais participação popular nas políticas públicas de cultura. O conselho municipal de cultura está em funcionamento, mas para aqueles que se dispõe a correr atrás de toneladas de papelada para participar de um edital que fica aberto durante dez dias. Onde está a proatividade da prefeitura nestes momentos em também mapear os movimentos culturais dentro da cidade?

Acreditamos que este edital possa ser um instrumento para fazermos com as organizações populares de cultura de curitiba ocupem seu espaço. Por isso, o Soylocoporti firma seu compromisso aqui para ajudar a formular e orientar as entidades que queiram se tornar Ponto de Cultura. Fiquem atentos, pois o prazo de publicação do edital está marcado para o dia 23 de novembro.

[video]http://www.youtube.com/v/l8I0as-vvX0[/video]

share save 171 16 Lançado o Programa Cultura Viva na cidade de Curitiba
3 comentários em “Lançado o Programa Cultura Viva na cidade de Curitiba”
  1. Caros amigos, gosto muito da atuação de vocês, mas não misturemos questões partidarias, com políticas públicas de cultura. Sabemos que se fossem outros vereadores na foto sairiam elogios aos mesmos, mas tenho que discordar, pois toda política é feita na base de interesses. A não ser que tirem da manga um milagreiro, um santo da política local. Não se ofendam, não quero defender nem atacar ninguém. Não sou partidário de nenhum deles pois não estão em partidos com os quais tenha afinidade, não vou defender os mesmos, pois não ganho nada com isso, porem tenho que defender que a verdade seja dita, tenho que informar que: Dos cinco vereadores na foto, dois estão realmente boiando, porem um é membro do conselho municipal de cultura, três deles trabalharam nas comissões da lei de incentivo a cultura. E dois tem pelo menos duas leis em favor de classes artísticas locais. Fica díficil ter este tipo de informação na mão quando se está por demais atrelado a outras correntes políticas. A ideologia atrapalha a lucidez e a verdade. Prestem mais atenção no que está em transito nas comissões, leis e editais, muita coisa está rolando por ai, tanto aqui como em todo o Brasil. Mas se não sabem disso tem que tomar cuidado pois posam de amadores diante de uma platéia especializada. A política é isso mesmo, tudo de ruim, mas não apenas seus amigos defendem a cultura. Pensem nisso!
    A defesa da cultura em Curitiba é feita pela socidade civil organizada, não por nenhum político. Existem mais de 40 entidades culturais organizadas em fóruns, trabalhando constantemente para o controle do poder público. Estas entidades é que fazem a política pública de cultura, os políticos são apenas intrumentos das demandas sociais. Procurem estas entidades para trocarem informações. Todos podem ganhar com mais informações sendo trocadas.
    Abraço,

    Manoel
    Membro do Conselho Municipal de Cultura

  2. Pois é Manoel, muito obrigado por estar acompanhando o nosso trabalho e acho, que através dele, você deve entender qual é a nossa concepção de cultura.

    Mas os meus questionamentos vão de encontro justamente a sua argumentação de que os conselhos e a política cultural local está indo de vento em popa. Que representante da sociedade civil que você citou estava compondo a mesa de lançamento?

    Quando se atua na construção política do dia-a-dia e se busca pautar novos caminhos para construção da sociedade, invariavelmente você tem que escolher princípios e se definir de que lado você está. Não acredito na política sendo construída de forma “lisa” e “oportunista”.

    Alguns vereadores naquela mesa, podem até ter aprovado “leis que beneficiam a classe artística”, mas com certeza, a visão que eles tem de cultura é completamente diferente da minha. Para eles, a cultura não passa de mais um produto do capitalismo que só se sustenta se tiver viabilidade econômica. Ao contrário disso, acredito que a cultura é um fenômeno humano, e deve ter seu direito de manifestação garantida pelo poder público.

    Por isso acredito no Cultura Viva. Este sim é um programa que está garantindo esse direito a milhares de pessoas e organizações culturais em todo o Brasil. Só espero que os papagaios da cidade dos sonhos não distorçam a verdadeira missão que este programa deve cumprir em nossa cidade.

    Atenciosamente,

    E fico a disposição para debatermos mais este assunto.

  3. Oi Marco, concordo com você a política é exatamente isto, “lisa” e “oportunista”, e não digo que algum partido faz essa política. Digo, todos, fazem essa política. O Conselho Municipal ou o Nacional de Cultura, podem ter graves problemas de representação, principalmente, por ambos receberem forte carga do aparalhamento do estado. Aqui, o grupo do estamento burocrático do município exerce forte influência, e no plano nacional, o PT, se faz presente em todas as ações da sociedade, agindo como civis a mando da estrutura vigente em todos os eventos e comissões. Por isso, como faço parte das duas estruturas, não tenho que esconder críticas para ambos conselhos. A política vigente, sempre é a política de manutenção do poder estabelecido, logo, não escolheria um lado, pois a cultura, essa é outra coisa. Política cultural, tem interesses orientados a ideologia vigente. Não acredito que ideologias possam dar conta da cultura. Por isso respeito os pontos de vista iedologicos defendidos por vocês, mas não tenho como não dizer que para as etidades e agentes culturais, estamos em defesas setoriais, não, de um lado, mas de nosso lado. Pois na verdade na política, ninguém esta do nosso lado. Já ouvimos promessas demais nas últimas décadas, para ainda acreditar em algo. Somos instrumento tanto para esquerda, como para direita. É uma pena por saber que os fazedores da cultura, concordam com as visões da esquerda, mas a algum tempo a esquerda não percebeu que temos nosso próprio discurso, e que não somos atendidos, nem de perto em nossos anseios. Todos os debates realizados pelo governo federal tem sido conduzidos, os programas orientados a ideologia do governo, as ações populares voltadas a organização das massas na base política do governo, entre outros. Estamos em todas as instâncias de representação possíveis com membros de nosso fórum nacional, e posso te dizer, queremos muito mais dos posicionamentos do governo do que conversa ou ação popular estruturante e dependente. A cultura precisa de outros caminhos, longe da manipulação conservadora e elitista que ocorre por aqui na cidade, mas também livre e da centralização e manipulação populista do governo federal. Pior mesmo é o que está ocorrendo no governo estadual, pois todos sabem que lá não acontece nada!
    Quanto ao cultura viva, eu também curto este programa, até por isso mantenho minhas críticas a esse programa diretamente o Sélio Turino se for necessário, pois vou torcer muito para que este de certo. Abraço

Deixe um comentário





Blog integrante da rede Soylocoporti